Grupo de Economia da Energia

Quinze anos de Infopetro

In energia on 23/02/2015 at 00:15

Por Ronaldo Bicalho *

022015Ao final do mês de Fevereiro, o Blog Infopetro completará cinco anos no ar. Os três primeiros textos foram postados no dia 1 de Março de 2010. Na verdade, o projeto Infopetro é de muito antes dessa data.

A primeira publicação do Infopetro se deu na forma de boletim eletrônico em Novembro de 2000.

No primeiro editorial se afirmava que:

Este boletim encontra suas justificativas nas transformações radicais introduzidas na regulação e na forma de organização das indústrias brasileiras de petróleo e gás. A quebra do monopólio estatal do petróleo, o processo de privatização das empresas no setor de distribuição do gás natural, a entrada de novos agentes em diversos segmentos da cadeia destas indústrias abrem espaço para um rápido desenvolvimento da concorrência nestes segmentos. Este desenvolvimento requer maior transparência e independência das informações, que devem estar disponíveis a um número cada vez maior de agentes, que agora participam do “jogo” do petróleo e do gás no Brasil. No atual contexto, novas fontes de informação e análise tornam-se mais do que nunca necessárias. O boletim Petróleo e Gás Brasil espera contribuir para uma maior transparência na indústria, não apenas informando, mas auxiliando os principais agentes no acompanhamento e compreensão dos fatos econômicos mais relevantes da nova dinâmica industrial e dos mercados do petróleo e do gás. 

Embora tenha nascido como um periódico sobre a indústria de petróleo e gás, rapidamente o Infopetro ampliou o seu objeto de análise, tornando-se uma publicação cujo tema central é o conjunto das indústrias energéticas; cobrindo desde o petróleo às renováveis, desde a organização industrial à política energética, passando pelo gás, energia elétrica, biocombustíveis, regulação, tecnologia, meio ambiente e geopolítica. Em outras palavras, o Infopetro discute e analisa toda aquela gama de temas que caracterizam o complexo mundo energético; complexo e, mais do que tudo, em constante transformação.

No centro das preocupações dos seus articulistas colocaram-se desde o início os impactos dessas transformações em curso no contexto energético, tanto nacional quanto internacional.

Assim, o grande tema do Infopetro sempre foi as grandes transformações, seus desafios e suas oportunidades para o sistema energético brasileiro.

Em 2007, esse esforço analítico – de professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, e colaboradores de várias instituições acadêmicas e profissionais – foi sintetizado mediante a publicação do livro Ensaios Sobre Política Energética, que reuniu os melhores artigos do Infopetro, em seus primeiros sete anos de existência.

Em 2010, o projeto Infopetro se ampliou por intermédio da criação do Blog Infopetro, procurando tirar proveito da maior interatividade que as novas ferramentas da internet permitiam.

Assim, desde então nossos leitores passaram a ter à sua disposição os textos apresentados tanto na forma tradicional de artigos do  Boletim Infopetro quanto na nova forma de postagens do Blog Infopetro. Se o primeiro se apresenta como um periódico acadêmico tradicional, com todas as referências (ISSN, volume, edição, páginas, etc.) necessárias às citações em textos, teses e dissertações, o segundo coloca ao alcance do leitor todos os recursos e facilidades disponibilizados pelas mídias mais recentes (vídeos, fotos, hipertextos, etc.).

Em termos de Blog são 265 postagens em cinco anos e aproximadamente 400.000 visualizações.

Em termos de boletim foram 96 edições em quinze anos com milhares de downloads.

Dessa maneira, o Infopetro é uma das publicações acadêmicas em energia mais longeva. Percorrendo seus arquivos é possível acompanhar o debate energético dos últimos quinze anos no Brasil e no mundo.

Hoje o Grupo de Economia da Energia conta com vários canais de divulgação do seu trabalho de ensino e pesquisa além do Infopetro: Site, Facebook, Twitter e Youtube,.

No entanto, independentemente da plataforma e do passar dos anos, o objetivo principal desses canais permanece o mesmo do primeiro boletim Infopetro: permitir que o conhecimento acumulado pelo nosso trabalho de ensino e pesquisa em uma universidade pública contribua para que a sociedade brasileira compreenda melhor as grandes oportunidades e desafios do sistema energético brasileiro.

(*) Editor do Blog e do Boletim Infopetro

Leia outros textos de Ronaldo Bicalho no Blog Infopetro

  1. Tem sido bastante interessantes as publicações feitas pelo blog, Cumprimento vocês pela iniciativa, apenas vale apena comentar o que foi colocado na primeira publicação feita, pois na verdade as expectativas daquele momento me parece que foram frustradas. As “transformações radicais na forma de organização das indústrias brasileiras de petróleo e gás”, bem como, “a quebra do monopólio estatal do petróleo, e o processo de privatização das empresas no setor de distribuição do gás natural… abrem espaço para um rápido desenvolvimento da concorrência nestes segmentos”, ficaram só nos discursos. Hoje estaríamos em melhor situação caso nada disso tivesse acontecido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s