Grupo de Economia da Energia

7º Encontro Latino Americano de Economia da Energia – Buenos Aires

In energia on 10/04/2019 at 12:45

Por Luciano Losekann

luciano042019O tema do 7º ELAEE foi “Descarbonização, Eficiência e Acessibilidade: Novos Mercados de Energia na América Latina” e discutiu as mudanças das indústrias globais de energia e os desafios impostos aos países da América Latina. A conferência contou com cerca de 300 participantes e foi presidida por Daniel Perczyk, Gerardo Rabinovich e Fernando Navajas.

A programação da conferência incluiu nove sessões plenárias, 31 sessões simultâneas, duas mesas redondas e duas sessões de póster para estudantes.

Adonis Yatchew apresentou a sessão de abertura, intitulada ““Fake News, Big Ideas – What Everyone Needs to Know About Energy””. A apresentação incluiu aspectos institucionais e tecnológicos da evolução da indústria de energia. Do ponto de vista institucional, Adonis Yatchew mostrou como a questão mais relevante, qual o papel do Estado, foi respondida ao longo do tempo. Primeiro, as falhas de mercado justificaram a intervenção do governo. Após a década de 1970, ficou claro que o governo também falha.

As lições do século XX são que a falha de mercado não deve ser substituída por intervenção excessiva e “competição onde for possível e regulação quando for necessário”. O apresentador também mostrou como as necessidades humanas orientam o progresso tecnológico. Ele ilustrou como a tecnologia de navegar contra o vento permitiu viagens de barco mais longas durante a Época dos Descobrimentos (do século XV ao século XVIII). O Professor Yatchew também deu sugestões para boas apresentações orais. Experiências pessoais podem ser usadas para ilustrar questões de economia de energia e para criar empatia com o público.

As seis plenárias temáticas foram organizadas combinando apresentações de perspectivas internacionais e regionais. Três plenárias foram realizadas simultaneamente na segunda-feira, 11 de março, e três na terça-feira, 12 de março. A sessão do Petróleo analisou os impactos da transição energética no setor. Jorge Leon, da BP, apresentou uma visão geral e projeções de tendências internacionais. Helder Queiroz, da UFRJ (Brasil) e Victor Padilla, da UNAM (México), apresentaram quais são as implicações para os países da América Latina.

O tema discutido na plenária do setor elétrico foi a integração de fontes de energia convencionais e renováveis. Foram apresentadas alternativas de desenho de mercado para minimizar os custos de difusão de energia renovável na matriz elétrica. Giuseppe Montesano, da Fundação Enel e Reinard Haas, da TU Vienna, deram a perspectiva internacional. Virginia Parante, da USP (Brasil), e Ruben Chaer, da UDELAR (Uruguai), apresentaram a situação dos países latino-americanos.

A terceira plenária de 11 de março foi intitulada “Demanda de energia, eficiência energética e mudança climática”. Andrea Heins, ex-subsecretária de Economia e Eficiência Energética do Ministério de Energia da Argentina, apresentou o desafio de promover a eficiência energética e as metas e políticas argentinas sobre essa questão. Mariana Conte Grand, da Universidade CEMA (Argentina), apresentou a convergência dos conceitos de Decoupling e Eficiência Energética na literatura econômica recente. Ela classificou os tipos de Decoupling e usou a experiência argentina para ilustrá-los. David Broadstock, da Polytechnic University (Hong Kong), apresentou um modelo econométrico que relaciona as emissões de CO2 e variáveis econômicas para os países da UE. Nesse modelo, o progresso tecnológico é endógeno por meio de uma variável de tendência estocástica.

A plenária do gás natural foi realizada o 12 de março. Peter Hartley, da Rice University, apresentou como a difusão da geração de energia renovável influencia os mercados de gás natural. Ele mostrou evidências da UE e da Austrália de que a maior penetração de fontes renováveis na matriz de energia implica em preços finais de eletricidade mais altos. Ele também apontou que os preços do gás natural estão positivamente relacionados com os preços da eletricidade. Edmar de Almeida, da UFRJ (Brasil), apresentou o desafio de promover investimentos e, ao mesmo tempo, aumentar a concorrência na indústria brasileira de gás natural. Raul Bertero, da UBA (Argentina), mostrou como a eliminação dos subsídios tem aumentado os preços do gás natural desde 2016. Ele também indicou algumas distorções na formação de preços por meio de leilões de gás. Os consumidores residenciais têm preços elevados comparados a grandes consumidores e usinas elétricas.

A sessão “as Utilities do futuro” discutiu como a geração distribuída impacta nas empresas de energia. Christophe Bonnery, presidente da IAEE e Enedis (França), apresentou uma visão global da questão. Santiago Urbiztondo (Fiel – Argentina) e Andres Chambouleyron (ENRE, Argentina) mostraram os desafios para a Argentina. Gonzalo Casaravilla (UTE – Uruguai) apresentou a experiência uruguaia, onde a difusão renovável é massiva e pode representar 100% da geração total de eletricidade.

A plenária de Energia e Desenvolvimento Social abordou os problemas de acesso e acessibilidade de energia na América Latina. A sessão forneceu uma visão geral da pobreza energética na América Latina. A mesa foi composta de palestrantes do México, Argentina e Colômbia: Victor Hugo Ventura (CEPAL – México), Daniel Bouille (Fundação Bariloche, Argentina), Hugo Altomonte (ex Diretor da CEPAL – Chile / Argentina) e Isaac Dyner (UTadeo, Colômbia).

A aula magna foi apresentada por Jacques Percebois (Universidade de Montpellier, França). Percebois apresentou o processo de transição energética nos países da UE. Ele enfatizou os desafios para o modelo de mercado à medida que a parcela renovável se torna mais relevante. Particularmente, Percebois destacou que a precificação da eletricidade deve mudar para remunerar a capacidade em vez da energia.

A última plenária discutiu a relação entre energia e mudança climática. Hernán Carlino (ITDT, Argentina) explorou aspectos conceituais nessa relação. Jean Michel Glachant (FSR, Itália) mostrou as metas da UE para a descarbonização. Maria Elisa Belfiori (UCA, Argentina) se concentrou na experiência argentina.

As sessões paralelas abordaram um amplo conjunto de questões de economia de energia. Elas foram caracterizadas por artigos de alta qualidade e rico debate acadêmico. As mesas redondas foram realizadas no mesmo horário das sessões simultâneas. A mesa redonda de segunda-feira foi intitulada “Novos Regulamentos para Transporte de EV, Armazenamento de Eletricidade e Geração Distribuída” e os palestrantes foram: Amela Ajanovic (Universidade Tecnológica de Viena), Scott Osborne (Wärtsilä, EUA e Canadá) e Joisa Dutra (FGV, Brasil). O título da mesa-redonda de terça-feira foi “Transição de Energia, o que podemos esperar?” E os palestrantes foram: Michel Derdevet (ENEDIS, França), Ron Ripple (IAEE e Tusla University, EUA) e Luis Rotaeche (IAE “General Mosconi”, Argentina).

A conferência incluiu um conjunto de eventos sociais e o Jantar de Gala foi realizado em “La Rural”. Foi uma noite muito agradável em belo local. Os melhores pôster de estudantes foram anunciados e os organizadores da conferência foram parabenizados pelo presidente da IAEE. Os participantes desfrutaram das principais atrações de Buenos Aires: um excelente show de tango, comida muito boa e delicioso vinho Malbec.

Foram três intensos dias, onde os participantes tiveram a oportunidade de aprender com especialistas internacionais e regionais, fazer contatos com a comunidade de economia de energia e aproveitar a encantadora cidade de Buenos Aires. Estamos todos esperando pela próximo ELAEE em Bogotá 2021!

OBS: O 7º Encontro Latino Americano de Economia da Energia (ELAEE) foi organizado pela Associação Latino-Americana de Economia da Energia (ALADEE), Instituto di Tella e Instituto Argentino de la Energia “General Mosconi” de 10 a 12 de março de 2018, na Univesidad Torcuato Di Tella, Buenos Aires Argentina.

Leia outros textos de Luciano Losekann no Blog Infopetro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s