Grupo de Economia da Energia

As cinco postagens mais lidas de 2018

In energia on 16/01/2019 at 00:15

enrgia012019O Blog Infopetro publicou 35 novas postagens no ano de 2018. Entre elas, as mais lidas foram as seguintes:

1. O conflito limítrofe entre Venezuela e Guiana pelo território Esequibo e suas recentes implicações na geopolítica petrolífera

Por William A. Clavijo Vitto

Mapa VenezuelaNo passado 30 de janeiro, o secretário geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, anunciou que, após quase três décadas mediando para buscar um acordo final ao conflito limítrofe entre Venezuela e Guiana sobre a Guiana Esequiba, o organismo enviaria o litígio para a Corte Internacional de Justiça. Dessa forma, o secretario geral, com a aprovação da Guiana, pretende colocar ponto final a uma disputa limítrofe de mais de um século de existência.  Leia o resto deste post

Mensagem de fim de ano

In energia on 19/12/2018 at 15:18

Natal122018

O Grupo de Economia da Energia agradece aos leitores pela atenção dispensada ao longo do ano de 2018 às discussões sobre energia levadas a cabo neste blog.

Esperando continuar contando com essa atenção em 2019, desejamos um feliz natal e um próspero ano novo a todos aqueles que têm nos acompanhado nesse debate sobre os rumos da energia no mundo e no Brasil.

Os desafios da recuperação da indústria venezuelana de petróleo

In petróleo on 12/12/2018 at 15:41

Por William A. Clavijo Vitto

william122018O deterioro dos indicadores que medem o desempenho da indústria venezuelana de petróleo tem alcançado a categoria de colapso, somente equiparáveis às experiências de países produtores de petróleo que sofreram conflitos bélicos. O mais preocupante da situação é que a debacle da produção, longe de se estabilizar, continua caindo dramaticamente, inclusive em aqueles campos onde as associações da PDVSA com operadoras multinacionais tinham se mostrado resilientes.

O ritmo da debacle da produção no último ano, chegou, inclusive, a afetar o comportamento dos preços internacionais do petróleo. E, os efeitos do colapso da indústria já provocou uma crise econômica, social e migratória sem precedentes na história da América latina [1]. Por esse motivo, resulta importante analisar as condições da indústria petrolífera venezuelana no momento atual, e discutir quais são as alternativas possíveis para gerar um cenário de recuperação.