Grupo de Economia da Energia

A política da política industrial para o setor de petróleo e gás natural: reflexões sobre a experiência entre 2003 e 2016

In gás natural, petróleo on 26/10/2020 at 19:12

William Adrian Clavijo Vitto

No início de 2003, o primeiro governo de Luís Inácio Lula da Silva retomou a visão favorável ao papel ativo do Estado na economia e da utilização do petróleo como palanque para impulsionar o desenvolvimento industrial do Brasil. A partir desse momento, as políticas nesse setor passaram a ocupar uma posição prioritária na agenda governamental. Essa determinação deu lugar a mais de uma década de execução de políticas ativas para expandir a capacidade de produção de petróleo da Petrobras, ao mesmo tempo em que se impulsionava a retomada da indústria naval e outros setores da cadeia de fornecimento de equipamentos e serviços para o desenvolvimento de sistemas de produção de petróleo no mar.

No início de 2003, o primeiro governo de Luís Inácio Lula da Silva retomou a visão favorável ao papel ativo do Estado na economia e da utilização do petróleo como palanque para impulsionar o desenvolvimento industrial do Brasil. A partir desse momento, as políticas nesse setor passaram a ocupar uma posição prioritária na agenda governamental. Essa determinação deu lugar a mais de uma década de execução de políticas ativas para expandir a capacidade de produção de petróleo da Petrobras, ao mesmo tempo em que se impulsionava a retomada da indústria naval e outros setores da cadeia de fornecimento de equipamentos e serviços para o desenvolvimento de sistemas de produção de petróleo no mar.

Construindo a bioeconomia 20 – A biorrefinaria de Pomacle-Bazancourt (França): algumas lições para a bioeconomia no Brasil

In biocombustíveis on 14/10/2020 at 14:08

José Vitor Bomtempo

Este post é motivado por uma visita (1) realizada em novembro último ao site da ARD (Agroindustrie recherches et développements) localizado em Pomacle-Bazancourt, no leste da França. O site de Pomacle-Bazancourt é um dos principais exemplos conhecidos de biorrefinaria integrada. O que a sua estrutura e, principalmente, a sua história podem nos ensinar? 

ARD e a biorrefinaria 

Exemplos reais de biorrefinarias integradas são ainda bastante raros. Trata-se de um conceito em construção a desafiar as políticas públicas e estratégias empresariais voltadas para o desenvolvimento da bioeconomia. O complexo localizado na França, na região de Champagne-Ardenne, em Pomacle-Bazancourt, parece ser uma das melhores ilustrações de uma biorrefinaria integrada, tanto pela diversidade das unidades industriais, empresas e instituições envolvidas quanto pela história de seu desenvolvimento e das relações entre os variados agentes participantes. A figura a seguir apresenta as empresas e instituições presentes no complexo. 

O comportamento dos preços do petróleo no ano de 2020

In petróleo on 07/10/2020 at 15:00

Helder Queiroz e Pedro Pontillo (*)

O ano de 2020 ficará marcado na História por conta da pandemia do COVID 19 e de seus impactos econômicos. Para o mercado internacional do petróleo o ano também se revelou particularmente especial, mesmo antes da pandemia. Tal como destacado em trabalho anterior1,  as flutuações de preços foram significativas, desde o início do ano e se acentuaram após o início da pandemia. Nos últimos doze meses, o barril do petróleo tipo Brent oscilou entre US$ 16 e US$ 72. Entretanto, desde junho a volatilidade foi fortemente reduzida e um novo patamar de preços, entre US$ 40-45, pode ser identificado. Este artigo busca reunir alguns elementos explicativos sobre o comportamento dos preços ao longo de 2020.  

Evidentemente, o traço saliente das flutuações de preços no primeiro semestre está relacionado à forte queda da demanda no período março-abril 2020, com redução de 7,3%, ou seja, aproximadamente 7,3 milhões de barris/dia (ver tabela 1). De acordo com esses números, a demanda por petróleo em 2020 terá uma queda de quase 9% em relação ao ano anterior, principalmente pelos impactos do primeiro semestre na economia mundial.